Enercom

Login
Home » Notícias » Eficiência Energética » Preço da eletricidade em Espanha sobe 2,3% em janeiro
A+ R A-

Preço da eletricidade em Espanha sobe 2,3% em janeiro

Enviar por E-mail Versão para impressão
Preço da eletricidade em Espanha sobe 2,3% em janeiro 28-12-2013

O primeiro-ministro espanhol anunciou, esta sexta-feira, após o conselho de ministros, que a fatura da luz vai encarecer 2,3 por cento já no próximo dia 1 de janeiro. O aumento vigorará apenas durante o primeiro trimestre de 2014.

A 19 de dezembro foi realizado um leilão em Espanha para determinar as tarifas elétricas a vigorar em janeiro. Esse leilão ditou um aumento de 29,5 por cento do preço grossista, implicando um acréscimo de cerca de 11 por cento para os consumidores.

O Governo espanhol suspeitou de manipulação, tendo solicitado, com caráter de urgência, que a Comissão Nacional dos Mercados e da Concorrência (CNMC) abrisse uma investigação.

O regulador informou, no dia seguinte, que o leilão não reunia as condições necessárias para ser considerado válido, devido à ocorrência de "circunstâncias atípicas no desenvolvimento do mesmo e num contexto de preços elevados no mercado diário durante as semanas que antecederam o leilão".

Esta quinta-feira, o regulador apresentou duas possíveis soluções. Uma ditaria uma subida para os consumidores de 1,4 por cento e a outra de 2,9 por cento.

Agora, após o conselho de ministros, Mariano Rajoy anunciou que o aumento será de 2,3 por cento. Este aumento é composto por 1,4 por cento correspondente ao preço da energia e por 0,9 por cento correspondente ao incremento das ‘portagens’ de acesso na tarifa elétrica (a parte regulada do recibo).

O chefe do Governo referiu que foi assim aprovado um decreto de lei real com um “mecanismo transitório” de fixação do preço da energia para o primeiro trimestre, depois de ter sido anulado o referido leilão da semana passada.

“Este mecanismo transitório será aplicável apenas neste primeiro trimestre e será depois substituído por um mecanismo definitivo de leilões”, explicou Mariano Rajoy.

Esta subida da luz corresponderá a um aumento mensal de 1,78 euros, já com impostos incluídos, na fatura total de um consumidor médio, de acordo com os cálculos realizados pela organização de defesa do consumidor Facua.

A tarifa elétrica de último recurso (TUR), que a partir de janeiro se denominará preço voluntário ao pequeno consumidor, é determinada, praticamente em partes iguais, por dois elementos: o custo da energia (definido pelos leilões) e a parte regulada, definida como 'portagens' e estabelecida pelo Governo.


EE / Jornal de Negócios

Login

scarpe golden goose outlet scarpe golden goose outlet scarpe golden goose outlet scarpe golden goose outlet scarpe golden goose outlet scarpe golden goose outlet tods scarpe outlet tods scarpe outlet tods scarpe outlet tods scarpe outlet tods scarpe outlet tods scarpe outlet valentino outlet online valentino outlet online valentino outlet online valentino outlet online valentino outlet online valentino outlet online casadei outlet online casadei outlet online casadei outlet online casadei outlet online casadei outlet online casadei outlet online balenciaga pas cher chaussures balenciaga pas cher chaussures balenciaga pas cher chaussures balenciaga pas cher chaussures balenciaga pas cher chaussures balenciaga pas cher balenciaga outlet saldi italia balenciaga outlet saldi italia balenciaga outlet saldi italia balenciaga outlet saldi italia balenciaga outlet saldi italia sac lancel pas cher balenciaga pas cher