Enercom

Login
Home » Notícias » Novidades » Hospitais europeus aumentam uso de renováveis
A+ R A-

Hospitais europeus aumentam uso de renováveis

Enviar por E-mail Versão para impressão
PER

Dezoito hospitais europeus têm recorrido à implementação de energias renováveis para reduzir os seus consumos energéticos, através do projecto piloto “Towards zero carbon hospitals with renewable energy systems” (RES).

 

Hospitais como o Galdakao-Usansolo (Espanha), Raigmore (Escócia), Rijnstate (Holanda) ou o hospital de Gorliz (Espanha) são alguns dos participantes escolhidos para desencadear este projecto, que não inclui nenhum hospital português.

 

Entre os exemplos do que tem vindo a ser feito neste âmbito está o hospital de Gorliz. No próximo ano, espera-se que esta infra-estrutura consiga cobrir mais de 55% das suas necessidades energéticas a partir de energias de baixo carbono. Também os hospitais da região de Osakidetza, em Espanha, têm-se revelado promissores. No hospital Galdakao-Usansolo, por exemplo, onde se implementaram painéis solares térmicos e uma instalação de trigeração, prevê-se “alcançar quotas superiores a 50% de produção energética a partir de energias renováveis”, de acordo com o responsável pela manutenção deste hospital e coordenador do RES no âmbito estatal, Alberto Arriaran. Estas inovações valeram ao hospital o segundo lugar nos Prémios Europeus de Meio Ambiente para a Empresa, com o “Projecto Hospital Verde”.

 

Os estudos piloto desenvolvidos no RES têm também impulsionado a criação de planos de investimento, com recurso ao Horizonte 2020, em pelo menos 10 hospitais de oito países europeus. Com a implementação destes planos “espera-se um investimento acumulado mínimo de 60 milhões de euros e uma poupança anual, no mínimo, de 20 mil toneladas de Co2 em 2020”.

 

Recorde-se que no âmbito do RES, foi lançado o “Guia de energias renováveis para hospitais europeus”, para aplicação de boas práticas em estabelecimentos de saúde. Um documento que está disponível para download (gratuito), em idiomas como inglês ou espanhol.

 

O projecto RES, liderado pela Agência Local de Saúde de Asti, em Itália, visa a redução dos consumos energéticos em 15 mil hospitais na Europa e o aumento da sua autonomia energética através de fontes de energia renovável. A iniciativa é co-financiada pelo Programa Energia Inteligente - Europa, da União Europeia, e conta com parceiros e associados de outros sete países europeus.


Tags

Login